sexta-feira, julho 18, 2008

A Religião é o Ópio do Povo

Na crónica sempre sumarenta de Pedro Malaquias na Antena 2, fica-se a saber que os comunistas de S. Petersburgo querem canonizar José Estaline. Não, não é ironia nem blague. Querem mesmo santificá-lo pela Igreja Ortodoxa Russa. Assim, sem mais.
Alguém lhes diga que não é bem-visto nos candidatos a santos terem as mãos sujas do sangue de milhões de seres humanos.
Já agora, como pode alguma gente boa - conheço alguns - continuar «fiel» ao comunismo, e considerar as suas infindáveis vítimas uma condição necessária para a dialéctica histórica?

3 Comments:

Blogger lusitano said...

Basta ver as recentes declarações dos comunistas sobre as FARC, a Coreia do Norte e as sanções ao Mugabe.

7/18/2008 10:08 da manhã  
Blogger Daniela Major said...

já sem contar que os comunistas não eram propriamente religiosos...

7/18/2008 3:43 da tarde  
Blogger Luís Bonifácio said...

Se olharmos atentamente verificamos que o Homem que mais comunistas matou foi ....

José Estaline.

Hitler bem tentou, mas não conseguiu chegar nem perto.

7/18/2008 4:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br