sexta-feira, junho 27, 2008

Também para memória futura...

...não me esquecerei de evitar a todo o custo ter o meu próximo filho na Maternidade Alfredo da Costa.
É que acabo de ouvir da boca do seu director, e passo a citar, "que há pessoas com vidas tão destruturadas que pode acontecer abortarem 3 vezes num só ano e que, assim sendo, mais vale que o façam num hospital público, em condições de higiene, do que num qualquer sítio ilegal".
Eu pasmo com estas curtas vistas!
Pode acontecer??? PODE??
É que eu acho que não pode, não pode mesmo!!!
Naturalmente que acho que não pode acontecer nem uma só vez, mas 3??? No mesmo ano??? Como?? Porquê??
É que parece que elas não voltam ao hospital, à consulta de follow-up pós-aborto. A culpa, claro, é do sistema. E, nos entretantos, vão-se estruturando a vida destas desgraçadas...em cima de 3 abortos de enfiada.
E perguntam-me: e a solução é proibir? É sim, é parte da solução. A solução não é, certamente, possibilitar e, já agora, subsidiar.
É o mundo virado de pernas para o ar.

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Estou inteiramente de acordo com o seu comentário e insisto, como você, que é necessário proibir, impossibilitar e acabar com a ronha dos subsídios.
Só ponho em dúvida que o director, Prof. Jorge Branco, tenha proferido essa enormidade.
Se calhar foi o chefe ou outro gajo da secretaria...

Nuno

6/28/2008 7:24 da manhã  
Anonymous o inconveniente said...

Coisas da santa madre igrja católica apostólica romana, que não contente com a feroz oposição a uma política efectiva de educação sexual nas escolas (em casa é que as crianças se educam, ao sabor da vontade - ou dos conhecimentos - dos pais), ainda vai timidamente criticando o uso do preservativo.

Vá-se lá a entender com que objectivo....

Como dizia um amigo meu aqui há uns anos: "Perdoai-lhes, pois eles não sabem o que fazem."

7/01/2008 11:36 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br