sexta-feira, junho 13, 2008

O que interessa sao as carreiras e nao as politicas



Nao tenho pensado noutra coisa. O Tratado de Lisboa e absolutamente fundamental para a minha carreira politica.

in Publico de 13/6/2008

Socrates confessa mais uma vez que os meios nao interessam para atingir os fins que pretende. Poderia ter dito: "Acima de tudo a minha carreira politica e a possibilidade de mais altos voos a nivel internacional. Os efeitos e os fundamentos da minha actuacao politica sao pouco relevantes".

4 Comments:

Blogger José said...

E agora, com o resultado de Dublin,o que é que o (mau)desenhador camarário irá dizer?

6/13/2008 1:21 da tarde  
Blogger altitude said...

Quando o PR cometeu a gaffe do "dia da raça" não dei demasiada importância, compreendendo que muitas vezes as nossas expressões não coincidem com o que estamos a pensar. Concordei consigo. Pela mesma razão que agora me leva a não concordar com o teor do seu post.

6/13/2008 1:25 da tarde  
Anonymous rpa said...

Percebo o seu ponto altitude. Mas nao me parece que seja uma gaffe. Nao e a primeira vez que socrates fala da carreira politica dele. Na noite da assinatura do Tratado de Lisboa disse exactamente a mesma coisa. E basta pensar em Durao Barroso, que se esteve nas tintas para Portugal e foi para Bruxelas. Ou foi para o nosso bem?

6/13/2008 4:13 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Se a carreira do pinócrates começou depois de ser canalizador encartado é um bom exemplo para a nossa juventude que, depois de licenciada, na melhor das hipóteses, abicha um empregozito de 500 euros por mês.
Ah, gana sócrates - não o filósofo, o mentiroso!...

6/18/2008 8:56 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br