segunda-feira, maio 26, 2008

BORIS JOHNSON - THE MAN!


O recém eleito Mayor de Londres, o conservador Boris Johnson, não esteve com meias medidas e tal como prometera durante a campanha, já anunciou que não irá renovar o protocolo de “Expertise for Oil” que termina em Agosto deste ano, pelo qual Chávez fornecia petróleo mais barato à Câmara de Londres, que assim subsidiava os Londrinos mais desfavorecidos com bilhetes de transporte mais baratos. Em troca, a câmara inglesa fornece aconselhamento urbanístico e de ordenamento do território à câmara de Caracas.
Este original projecto/ golpe de propaganda fora concretizado durante um dos mandatos do anterior presidente de câmara comunista, disfarçado de trabalhista, o Red Ken, um admirador confesso de ditador pé-de-chinelo da Venezuela.
Nas palavras de Johnson: "I think many Londoners felt uncomfortable about the bus operation of one of the world's financial powerhouses being funded by the people of a country where many people live in extreme poverty.
"I simply think there are better ways of benefiting Londoners and better ways of benefiting Venezuelans."
Põe-se assim fim, espero, a mais um miserável golpe de propaganda do Chávez, que infelizmente muito poucos políticos têm coragem, nem vontade (o que é mais grave), em fazer, o eng.º Sócrates que o diga.
Outra medida já tomada pelo novo Mayor, foi o de acabar com o pasquim da Câmara de Londres, com um orçamento de bilhões de libras anuais, e com esse dinheiro plantar 10.000 árvores na cidade. De uma penada, melhora-se o ambiente, e poupa-se muito dinheiro. Aprendam!

9 Comments:

Blogger L. Rodrigues said...

10,000 árvores por um bilião de libras? Alguém está a meter dinheiro ao bolso e não é pouco...

5/26/2008 7:49 da tarde  
Blogger L. Rodrigues said...

Ok... fui ler e eram 2,9 milhões e desses, 1 milhão foram para as árvores... está perdoado pela excitação que deve ter sido dar a noticia do cancelamento do protocolo com Chavez.

5/26/2008 7:51 da tarde  
Blogger Daniela Major said...

Uma das coisas que sempre se disse sobre este homem é que ele não era bom da cabeça.
Bom a locura sempre serve para alguma coisa, pelo menos em política!

5/26/2008 8:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

I. rodrigues,
Não se entusiasme. Falou-se em "bilhões" quando se queria dizer "milhões".
Rui Castro

5/26/2008 10:37 da tarde  
Blogger L. Rodrigues said...

Precisamente. O entusiasmo não foi meu.

5/26/2008 10:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, se me permite. Fiquei sem perceber se concorda com o fim do acordo ou se acha que o mesmo se devia manter em vigor?
Rui Castro

5/27/2008 12:00 da manhã  
Blogger L. Rodrigues said...

Não conhecendo nem os seus termos nem o seu impacto na vida de quem era suposto beneficiar, não me posso pronunciar.

Por principio causa-me uma certa estranheza ver acordos celebrados entre países e cidades. Tenho para mim que Estados se relacionam com estados.

Mas é apenas uma intuição para a qual não tenho nenhum fundamento. Vai-se a ver, sou um conservador nesse aspecto...

5/27/2008 12:22 da manhã  
Anonymous rpa said...

caro l. rodrgiues,

afinal nem tudo está perdido na sua pessoa ...

5/27/2008 8:07 da manhã  
Blogger Bernardo Tait said...

Este comentário foi removido pelo autor.

5/27/2008 10:22 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br