segunda-feira, março 17, 2008

Os Loulés... porque eu ainda tenho alguma memória...


Causa alguma tristeza testemunhar as patifarias em que os Loulés andam agora metidos... Não sei por que bulas, deram em esquecer os direitos dinásticos do Senhor Dom Duarte para recordarem que são eles, e não outros, os legítimos herdeiros do Trono de Portugal. Devo dizer que isto me causa a maior impressão e que me custa a acreditar que gente que antes procurou bem servir, com os limites da própria capacidade natural, lance agora na lama, de forma tão pouco digna, o nome de uma família, ainda por cima a sua.

---

Esta minha perplexidade é tanto maior quanto sei, porque tenho memória, que o falecido Duque de Loulé reconhecia os direitos dinásticos da Casa de Bragança e que não reclamava para si direitos que não tinha. Tanto assim é que o seu filho Filipe, agora Conde do Rio Grande, chegou até a ser Presidente da Direcção da Real Associção de Lisboa (de uma Direcção da qual eu próprio era vogal). Posso testemunhar que a acção da então Direcção da Real de Lisboa, e portanto do Filipe de Mendóça, foi sempre orientada para a defesa da Instituição Real e para a promoção da sua restauração na pessoa do Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança e Chefe da Casa Real Portuguesa. Posso afirmar que o Dr. D. Filipe Folque de Mendóça nunca questionou os direitos do Duque de Bragança nem nunca procurou que fossem reconhecidos à sua Família quaisquer direitos ao Trono de Portugal.

Assim, e porque tenho de tudo isto claríssima memória, muito espanta vê-los agora, aos irmãos Loulés, a dançar a música que interesses escusos tocam aos seus ouvidos. É evidente que isto não belisca a unidade dos monárquicos em torno da Casa de Bragança. Só serve para lamentarmos o comportamento de quem não quis nem soube honrar o nome dos seus maiores. O que terá acontecido entre a morte do anterior Duque de Loulé e o primeiro dia em que esta gente se começou a pôr nos bicos de pés da sua ausência de vergonha? Que novos factos vieram supervenientemente ao conhecimento dos manos Loulés que deitem por terra os direitos dinásticos do Senhor Dom Duarte e os põem em cima das suas próprias cabeças? Se nenhum facto há que possa ser considerado novo (como não há!) quem terá conseguido demonstrar que o Dr. D. Filipe era afinal apenas estúpido, um idiota útil que andava a servir, como mero imbecil, quem agora apelidam de usurpador? Quem terá conseguido tamanha confissão de imbecilidade?


A lealdade ao Senhor Duque de Bragança não é opção dos monárquicos. É apenas fidelidade ao próprio princípio monárquico. Deus guarde Portugal de quaisquer aventureiros, sobretudo dos que não sabem estar à altura das responsabilidades que herderam.


"...como tem sucedido em anos anteriores, a Real Associação de Lisboa renovou, uma vez mais com sucesso, a realização do tradicional "Jantar de Conjurados". Foi na FIL, no dia 30 de Novembro, que ocorreu esse evento a que muitos Portugueses fizeram questão de aderir, como forma de manifestar a sua fidelidade a Suas Altezas Reais os Duques de Bragança, e a sua adesão à Causa de Portugal. As quase mil pessoas presentes, tiveram ainda ocasião de ficar a par da actuação da Real, através do discurso do Presidente da Direcção, o Senhor Dr. Filipe Folque de Mendóça; do nosso esforço e empenho em dar uma nova e dimensão ao Movimento Restauracionista"


Boletim da Real Associção de Lisboa, n.º 38.

9 Comments:

Blogger José Luís Malaquias said...

Esse Senhor de que falam não é, por acaso, descendente de um tal de D.Miguel cuja descendência foi constitucionalmente vetada de poder vir a ocupar o trono de Portugal?
Não eram uns tais de absolutistas que levaram no nariz e tiveram de ir para o exílio?
Eu bem sabia que deveria ter estado com mais atenção nas aulas de história.

3/17/2008 2:23 da tarde  
Blogger jorge lima said...

Ora aí está um problema que não se coloca quando o Chefe de Estado é eleito...

3/17/2008 2:36 da tarde  
Blogger nuno pombo said...

Manos, manos... não vos inquieteis...

3/17/2008 3:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro Nuno Pombo,

Fico eternamente agradecido com o S/ texto.

Melhores cumprimentos,

Duarte R. B.

3/17/2008 4:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Talvez um dia se convença que esse blog é o último lugar onde devia escrever, porque está a usar mal a sua escrita e o seu tempo.Ainda por cima com esses manos que são os primeiros a contestá-lo e a dar bocas "foleiras" ou porque não estiveram atentos nas aulas de História ou porque mesmo assim não aprenderam nada...

3/17/2008 6:03 da tarde  
Blogger jorge lima said...

Ena, ena, um monárquico anónimo zangadito, arrogante, ensimesmado e logo diametralmente oposto ao nosso grande Nuno Pombo!...

3/17/2008 6:18 da tarde  
Blogger MSN said...

Jorge,

a idiotice não está reservada aos republicanos como se vê.

Abraço

3/18/2008 12:06 da manhã  
Blogger jorge lima said...

Não tinha dúvidas disso, Miguel, mas parece que a saudável convivência que existe neste blogue parece incomodar os fanáticos...

3/18/2008 10:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Fanáticos?
Mas, afinal, quem são os fanáticos?

3/20/2008 4:53 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br