quarta-feira, outubro 10, 2007

"ó xô guarda, desapareça"

De há uns tempos a esta parte, temos tido o desprazer de contar com comentários anónimos ofensivos e mal educados, nomeadamente para o nosso camarada de blogue Zé Luís Malaquias. O autor de tais comentários, que actualmente os faz como anónimo, tinha um nome e chegámos a trocar palavras cordiais. No entanto, o rapaz, de quem politicamente estou certamente mais próximo que do meu companheiro de blogue, parece ter dificuldade em lidar com opiniões contrárias às suas e, nos últimos tempos, tem verberado insultos e ofensas gratuitas. Por mim, as caixas de comentários continuarão abertas a todos, mas é óbvio que o insulto não será tolerado e terá o destino mais que evidente, o lixo.

4 Comments:

Blogger nuno pombo said...

Folgo em saber que o nosso VPF chegou, agora, à conclusão que eu próprio já havia alcançado há atrasado. Os ventos que sopram da pérfida Albion tornam normalmente irrespirável o ar das nossas caixas de comentários. O visado pela indecência não é apenas o ZLM, somos todos nós e os nossos leitores com mais do que um neurónio. Proximidade política com alarves não tenho nenhuma.

10/10/2007 1:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meu caro, o energúmeno ultrapassou ontem todos os limites do aceitável. Foram 3 os comentários que tive que apagar. Adiante
RC

10/10/2007 2:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Rui,
Se calhar, não é bem assim ou será até bem diferente.
Não é problema meu.
Paciência - a tal palavra, de hábito bem Português, que expressa acomodação e que, está bem dever, rejeito em absoluto.

Até quando...

Nuno

...

10/11/2007 9:42 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Rui, esperava encontrar aqui uma reposta.
Lamento.
De facto, depois de (voltar a) reflectir, não me parece que possa haver uma reacção saudável aos "posts" e comentários do vosso amigo, camarada e "colaborador" Malaquias.
O tom afirmativo e presunçoso com que ele apresenta os seus argumentos não abrem a possibilidade de um debate são.
As respostas dos comentadores, no blog, têm de ser curtas. Quem o pretenda fazer vem, desde logo e pela leitura, com uma vontade imensa de zurzir no energúmeno - esse sim - que se apresenta como um possesso a defender teses fora do senso coumum.
Eu não sou exactamente um rapaz, embora gostasse de ainda o ser, e toda a minha vida, graças a Deus, tive de lidar com opiniões contárias, quantas vezes mais certas, mas nunca por nunca, em consciência, fui ofensivo, a não ser na justa medida da resposta a dar, como é o caso, e nunca insultei. Limitei-me a apelidar de acordo com o que me parece e verifico.
Ao contrário do que escreve, o Maçaquias ofende todos quantos não estão na linha das suas crenças. Manifesta um nível intelectual que se lastima. Apresenta-se como quem não aceita opiniões fundamentadas ou não e não aceita debate.
Isso, sim, é lixo.
Não conheço ninguém, ninguém me conhece, salvo você.

Cumprimentos,

Nuno

...

10/12/2007 8:12 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br