terça-feira, setembro 04, 2007

Limites

"Pudesse eu não ter laços
nem limites,
ó vida

de mil faces
transbordantes,
para poder responder
aos teus convites,
suspensos na surpresa
dos instantes!"







Sophia de Mello Breyner Andreson

2 Comments:

Blogger Gonçalo Moita said...

Bem metido!

9/04/2007 11:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tem graça, tinha ideia de que este texto era da Sophia de Mello Breyner Andresen!

9/05/2007 8:35 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br