sexta-feira, fevereiro 23, 2007

Vira o disco e toca o mesmo

Será que é desta que deixa de ser um posto falar do Zeca Afonso tratando-o por Zeca? O Zeca isto o Zeca aquilo?

É impressionante a quantidade de gente que deve ter sido colega do senhor na costura.

Só tenho pena de ainda hoje não ter ouvido na rádio o clássico destes momentos: "Faz hoje vinte anos que a música portuguesa ficou mais pobre."

7 Comments:

Blogger nuno pombo said...

Não ouviste isso? Então é porque o mundo anda a ficar perigoso.

2/23/2007 2:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tens razão tiago. Mas o Zeca (ai o Zeca...) foi um grande compositor (mais do que um grande intérprete).

Um optimista - manifestamente não é o meu caso, por favor nada de confusões a raiar o insulto - diria coisa diversa: Com o Zeca (ai o Zeca...) a música portuguesa ficou mas foi mais rica. Mas o Tuga tem este jeito faducho para ver o copo meio vazio...

[ notaste a mudança de abordagem ? :) ]

2/23/2007 2:47 da tarde  
Blogger Daniel Oliveira said...

Talvez as pessoas escrevam Zeca porque ele assinava Zeca. Uma boa razão, não? Quanto ao resto, o seu sectarismo é tão grande que nem que um génio lhe caia em cima você dará por isso...

2/23/2007 3:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Alô aqui posto Zeca à escuta...

2/23/2007 4:30 da tarde  
Anonymous rui said...

Zeca, Sempre!

2/23/2007 5:31 da tarde  
Blogger nuno pombo said...

O Daniel Oliveira não percebeu o post. Não foi a primeira nem será a última vez. Nem que lhe estoire um génio no cérebro dará por isso.

2/23/2007 7:06 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O Zeca - que me perdoem os que têm gosto para o apreciar - foi imposto como emblema de uma esquerda que já não existe... mas persiste.
Aliás, além de persistente, só chateia.

2/24/2007 7:07 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br