quinta-feira, fevereiro 15, 2007

Sexo, drogas e leis

Hoje, a revista Sábado revela uma história picante. Pela pena de um estagiário de um escritório de advogados que começa por L e acaba em inklaters, e cujo o nome preferimos ocultar, ficamos a saber que dvogados que recebem honorários em libras, alegadamente se entregam fleumaticamente à luxúria e à devassidão. O principal sócio desse escritório (não, não vamos dizer que é o Jorge Bleck, porque isso tirava a graça toda a esta charada), nem precisou que a Sábado lhe lesse nacos daquela suculenta prosa e disparou: "nunca apalpei o rabo de nenhuma estagiária". Sabendo que, ao contrário do que sugere o jovem causídico, os advogados desse escritório não mentem, temos um problema... É que o imberbe jurista disse: "os sócios consomem cocaína, mentem aos clientes e mantêm relações sexuais com estagiários". Ários, leram bem. Pois. Ficamos a saber, pelo menos, que o dito sócio nega categoricamente ter apalpado o rabo a alguma estagiária. É um princípio... Só falta desmentir o resto...

3 Comments:

Blogger jlm said...

Esse misterioso mundo dos escritórios de advogados...
Quem tem lá interesses, leia-se esposas, que se cuide, ou melhor, que as cuide!

2/15/2007 5:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro Vox,

Só agora reparei que recebemos o mesmo email no mesmo dia. Isto para lhe dizer que não tive a intenção de o plagiar.

um abraço amigo

Deus (o outro)

2/16/2007 1:26 da tarde  
Anonymous vox patriae said...

Era só que faltava... sei que o meu amigo não plagia. fomos provavelmente vítimas da mesma fonte e da mesma inspiração... Mas o seu título é muito melhor que o meu. Que raiva.

2/16/2007 6:09 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br