quarta-feira, fevereiro 14, 2007

Procura-se Líder para a Direita

Numa perspectiva de renovação (e não reciclagem), procura-se urgentemente líder para a Direita.

Já deu para ver que existe um movimento civil que não precisa de partidos para se empenhar e organizar pelas causas em que acredita.

Imaginem este movimento integrado e com um líder...

Propostas e candidaturas para esta caixa de comentários.

5 Comments:

Blogger jorge lima said...

Eu esta semana não posso. Além disso não sou de direita, e os testes de personalidade que já fiz indicaram características de grande submissividade, e total incapacidade de liderança. Fora isso, contem comigo.

2/14/2007 11:05 da manhã  
Blogger Tiago Machado da Graça said...

Ouvi falar de um gajo na Madeira que gera lá aquilo. O problema é que não tenha a certeza de que seja algo do tipo cívico.

2/14/2007 11:34 da manhã  
Anonymous Joaquim said...

Que tal o José Maria Aznar?

Já vêm tantas coisas de Espanha!

Cheira-me é que ele não deve querer.

Ficou vacinado com o Prós e Contras!

2/14/2007 11:56 da manhã  
Blogger vox patriae said...

O Poeta Alegre já fundou um movimento desse género. Dada a heterogeneidade dos seus membros e as poucos delineadas fronteiras do seu "mercado relevante", temo que a Autoridade da Concorrência imponha alguns remédios.

2/14/2007 12:07 da tarde  
Anonymous Rafael Graça said...

Se se refere aos movimentos pró-vida que surgiram a propósito do referendo, talvez fosse prudente não classificá-los como sendo de Direita. Logo, não se procuraria um "Líder para a Direita", mas um "Líder para os Humanistas" (julgo ser esta a melhor designação).

Em segundo lugar, aquilo que nasce deste referendo é muito melhor aproveitado se inserido dentro dos partidos... em vez de ficar à sua margem. E quando sugiro a "imersão nos partidos", não me refiro apenas ao CDS.

Pelo contrário, os pró-vida devem estar livremente inseridos num dos 3 Partidos do Arco Governamental (PS-PSD-CDS), escolhendo aquele com o qual sentem maior afinidade.

E se quem lê este comentário, pensa que fazer com os que não se identificam com nenhum... a resposta é o pressuposto de todo este raciocínio: Os Movimentos Cívicos.

2/15/2007 6:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br