terça-feira, fevereiro 06, 2007

CPFC ou Correria a pedido de Fernando Câncio

É muito engraçado notar o nervosismo que nas últimas duas semanas tem vindo a tomar conta do “sim”.

A segurança (quase a soberba) das semanas iniciais tem vindo a esmorecer. A nossa amiga F. anda muito apagada, rebate nos mesmos temas, sempre da mesma maneira e sem novos argumentos (até já nem dá gozo). O Daniel Oliveira limita-se a fazer link para o “comunicado” do “mandatário” do PS para questões de aborto, ou IVG como eles dizem.

Mas o mais extraordinário foi excitação com que o Engenheiro José Sócrates voltou da China, direitinho para fazer uma conferência de impressa de pura chantagem.

Afinal, há semanas e semanas que ambos os lados defendem que não deve ser aplicada pena de prisão à mulheres que abortam e que se denota um acordo transversal nesta matéria na sociedade portuguesa, no entanto o nosso primeiro ministro, depois de umas valentes manhãs de jogging em Pequim, sai disparado do avião para dizer aos portugueses que se eles votarem “não” não se altera lei nenhuma.

A ameaça dele é valente. Algo do tipo: “Olhem que se o “não” ganhar eu fico irritado...”

Bem sei que o senhor tem maioria absoluta, embora eu não tenha contribuído para tal, mas daí a agir assim vai uma grande distância, até porque este tipo de atitude só pode ser interpretado de duas formas: ou prepotência ou birra infantil. Sinceramente, e tendo em conta o cargo que o senhor ocupa prefiro não optar por nenhuma das duas e pensar que este impulso, foi apenas fruto de algum telefonema mais exaltado que a nossa amiga F. lhe fez para Pequim.

2 Comments:

Blogger alx said...

Soberbo, o comentário!!!

2/06/2007 5:10 da tarde  
Anonymous luis alves said...

eheheh deve ter sido mesmo isso;
género: vê lá tu que agora até andam a dizer mal de mim ... de mim!!!

2/07/2007 5:53 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br