segunda-feira, janeiro 08, 2007

Tardes quentes de Inverno

Existe melhor forma de passar uma tarde quente de Inverno do que a jogar uma cartada entre amigos, com um bom Cognac como parceiro, e com as crianças a brincar entre elas sem grandes gritarias?

De facto, só indo aos saldos para poupar dinheiro...

10 Comments:

Anonymous Anónimo said...

sim, existe. mandando uma queca ! mas cada um é para o que nasce...

1/08/2007 2:05 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

de facto, cada um tem o que merece. uns, bafejados pela sorte, têm amigos, outros, coitados, pagam para ocuparem o seu tempo...

1/08/2007 2:22 da tarde  
Anonymous Brutamontes só às vezes said...

Estou a ver que o anonymous das 2:05 nasceu para a queca, "or so he or she thinks". Cá para mim não deve ser grande coisa.

De qualquer forma vale a pena ler mais um pensamento do arrogante Pedro Mexia (Estado Civil) sobre esta matéria que lhe é tão cara.

"Sucesso
Nenhum dos homens sexualmente arrogantes que conheço é monogâmico. A arrogância vem com o sucesso. E o sucesso (dizem) vem com a acumulação."

1/08/2007 2:29 da tarde  
Anonymous Pintas said...

Verifico com agrado que o Vito continua fascista e novo rico como nos vem habituando.

Eh pá, isso deve ser tudo garganta, calculo que tu bebas mas é Bica + Vat 69 por 75 centimos no café da esquina.

Este gajo não vive neste planeta ou as crianças fascistas não fazem barulho?

1/08/2007 2:34 da tarde  
Blogger Vito said...

Só leio comentários de gajos ressabiados, pobres e invejosos. Cada um tem o que merece... Quando chegarem à minha idade, poderão ver que valeu a pena trabalhar e criar amizades no devido tempo para agora desfrutar da vida!

1/08/2007 2:50 da tarde  
Anonymous Brutamontes só às vezes said...

Já percebi tudo, o Vito, já estando naquela idade em que diz "desfrutar da vida", já está mas é impotente e tem vergonha de ir à farmácia comprar Viagra, por isso não responde ao anonymous das 2:05.

1/08/2007 2:58 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

estamos a entrar num campo perigoso. fica só uma nota, quem muito abre a boca pouco abre a breguilha.

1/08/2007 3:01 da tarde  
Blogger Frederico Arruda Moreira said...

Meus caros, a vida é feita de pequenos momentos, e este é um deles.
Quem não os sabe apreciar é verdadeiramente só garganta e um infeliz pois procura sempre aquilo que não tem.
Uma tarde espantosa foi passada na cavaqueira, apreciando a companhia de bons amigos vendo os nossos filhos crescer.

1/08/2007 4:35 da tarde  
Blogger Vito said...

Aos Srs. Anúnimo e LevaaosMontes,
Se levam tudo para a badalhoquice, enganaram-se no blog e tentem por exemplo o furaconinhas.blogspot.com ou outro do género que são capazes de se identificarem mais.
Se continuarem impotentes e frustrados, façam festinhas um ao outro.

1/08/2007 6:36 da tarde  
Blogger hulsenn said...

Caro Vito, o título do seu post era, afinal, premonitório :)

1/08/2007 9:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br