quarta-feira, setembro 13, 2006

Serviço público II - prémio

Por ter ganho o passatempo que fizemos ali mais abaixo (e só por essa razão!), concedemos a imensa honra à Sara Nobre de escrever um post na nossa "chafarica". Aqui está ele (sem mais comentários!):
"Jantar: 20h30, São Marcos, 5 jovens raparigas....
Assunto: amores de Verão, casamento à vista, nada de filhos por enquanto, recordações do tempo de faculdade, dietas e cortes de cabelo, copos e saídas à noite e, o mais difícil de resolver, a vida profissional!
Foram feitas várias dissertações sobre este assunto... Com Bolonha o panorama do ensino superior fica tão alterado que só lamentamos esta introdução agora, a pós-graduação deixa de ter classificação o que nos remete para o mestrado, MBA ou doutoramento, que por sua vez são caros e nos remetem para casa.
Média do ordenado destas 5 jovens raparigas: 700€.
Falamos dos 400€ que desaparecem na prestação do carro e da casa, da vontade de mudar de emprego, daquela colega que está a trabalhar numa conceituada agência de publicidade e que não fazia nada na Universidade, enfim lamentamo-nos...
Eis então chegado o momento de cada uma opinar as soluções que encontra para este problema comum, e que partilho com os ilustres 15.000 leitores deste blog:
(apesar de ter ficado com a ideia que a audiência deste blog já ultrapassou a fase de escuridão profissional, penso que vale a pena)
1º - É imperativo fazer uma auto-análise comportamental/profissional com regularidade, i.e, de que forma surpreendemos o nosso chefe, de que forma mostramos motivação, qual o nosso nível de iniciativa, não ficar pela esfera do conforto, quando sugiro algo já ter feito pelo menos metade do que sugeri, a motivação mede-se pela forma como falamos do assunto em questão, inovar na medida certa, não ficar somente pela execução, acrescentar VALOR.
2º - Aproveitar as oportunidades para fazer MESMO
3º - Criar DINAMISMO quando procuramos um novo desafio profissional. O envio do CV não é suficiente, é preciso realizar cursos, participar em conferências, conhecer pessoas, apostar na formação, enfim, dar passos...
4º - JOGAR com as nossas competências profissionais, com a nossa experiência e CV
5º - Definir para onde queremos ir, qual a área onde queremos de facto trabalhar, e seguirmos nesse RUMO (vários caminhos podem levar a um mesmo rumo)
6º - Finalmente, e se nada disto resultar, o meu conselho final é: visite todos os dias o blog
www.incontinentesverbais.blogspot.com e pelo menos tens divertimento garantido!
Desculpem o tamanho do post, mas prémio é prémio e como só escrevo aqui uma vez, tenho que aproveitar!
Sara"
Esclarecimento: a Sara vencedora do passatempo não é a mesma que ocasionalmente por aqui passa e cujo nome consta da coluna ali do lado.

4 Comments:

Blogger Rui Castro said...

não sei se perceberam mas a Sara aproveitou a oportunidade para tentar arranjar um novo emprego. se alguém precisar de alguém para as áreas de marketin/comunicação/rp é favor contactar a gerência do blogue, de forma a que possa ser enviado cv com foto de corpo inteiro.

9/13/2006 5:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Mais que um emprego quer parecer-me que a rapariga anda é à procura de um homem. Mandem-me lá a foto primeiro que eu depois logo peço o curriculo.

9/13/2006 6:08 da tarde  
Anonymous daniel oliveira said...

Eu cá até precisava de uma secretária que me fizesse uns recados e fosse boa em línguas. Desde que não seja reaccionária como os tipos que escrevem neste blog! Venha daí o Cv.

9/13/2006 6:12 da tarde  
Blogger Sara Nobre said...

Bom, e eu a pensar que a audiência deste blog era séria!
Obrigada, mas Homem já tenho e Emprego também. Quanto às línguas, ficam guardadas porque logo ao lado estão os dentinhos que magoam um bocadinho ;)

9/14/2006 11:03 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

BlogBlogs.Com.Br